Mostrando postagens com marcador Cultura. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Cultura. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Paranaguá em Cananéia

Grupo Família Domingues. 

No final de semana que passou, foi realizada em Cananéia, São Paulo, a 3a Festa do Fandango Caiçara de lá. Dois grupos de Fandango de Paranaguá foram participar. A exemplo da 9a Festa do Fandango de Paranaguá, a de Cananéia foi realizada em forma de mutirão, praticamente sem nenhum investimento público.

Os grupos Mandicuera e Família Domingues se deslocaram de Paranaguá até o litoral paulista com recursos próprios, usando seus carros, sem nenhuma ajuda do poder público. Não houve cachê, nem verba para hospedagem ou alimentação. Ou seja, os dois grupos foram na raça, levar o nome de Paranaguá para outras terras.

Aliás, o mestre Aorélio Domingues do Grupo Mandicuera vem insistindo que o Fandango é o principal divulgador da cultura e da cidade de Paranaguá. O ritmo caiçara sempre rende excelentes matérias na imprensa estadual e até nacional. Tudo sem custo nenhum para a cidade. Agora, imaginem se recebesse o incentivo apropriado.

E para encerrar o assunto, o grupo Família Domingues é mais um fruto da cena fandangueira da Ilha de Valadares. Até pouco tempo, havia quatro grupos. Contando com a Família Domingues e o Grupo Mestre Eugênio, composto somente por crianças, já temos seis grupos! Amanhece!

Nhundiaquara Jazz Festival


A belíssima cidade de Morretes receberá neste final de semana, nos dias 21 e 22 de outubro, a segunda edição do Nhundiaquara Jazz Festival. A primeira edição foi há três anos, e deixou saudades. Os shows serão gratuitos, ao ar livre, em dois palcos, ambos na beiro do Rio Nhundiaquara.

As atrações são de alto nível. Helinho Brandão Quarteto vai se apresentar com a participação de Airto Moreira. Eles farão espetáculo em homenagem à banda Weather Report, na qual Airto tocou nos anos 1970. Além deles, há uma farta lista de atrações, que vão se revezar nas tardes de sábado e domingo.

Além dá música haverá barracas com comes e bebes, isso sem falar nos diversos restaurantes do circuito. Excelente pedida. Vale reservar uma pousada ou hotel e ficar o final de semana todo.

Entraremos em férias


A coluna Balanço da Canoa fará uma pausa para descanso e reformulação. Vamos parar por algumas semanas. Se tudo der certo, voltaremos antes do início da temporada de verão que é nossa estação preferida, com muito sol, calor, praias, rios, turismo, gastronomia e cultura. Aguardem!



quarta-feira, 16 de maio de 2018

MAE-UFPR inaugura Exposição “Rogai Por Nós” em Paranaguá

Exposição é composta de estandartes e imagens religiosas além de fotos das igrejas de Antonina


A exposição “Rogai Por Nós”, organizada pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR (MAE-UFPR) será aberta ao público às 14h30 neste sábado, dia 19 de maio, como parte integrante da programação do Circuito CulturArte, que acontece em Paranaguá de 18 a 20 de maio, como atividade preparatória do Festival de Inverno da UFPR que acontece em Antonina.

A mostra, realizada pelo Museu em conjunto com o Grupo Folclórico Boi Barroso pelo projeto “Mutirão Mais Cultura na Universidade”, trará 21 estandartes, fotos e imagens religiosas das quais cada peça traz a história e memória de 19 capelas e igrejas católicas do município histórico de Antonina, litoral do Paraná.

A sua essência está relacionada ao entendimento de que “ [...] busca expressar o encontro dialógico de duas culturas, das quais estas não se fundem nem se confundem, e sim, cada uma mantém a sua unidade e a sua integridade aberta, mas elas se enriquecem mutuamente”.

Dessa forma, a exposição busca mostrar que as comunidades de cada capela antoninense são parte importante da configuração da cidade como espaço de memória. A primeira exposição das peças foi realizada em Antonina e foi organizada pela Família Pinto, responsável também pelas atividades do Bloco Folclórico e Carnavalesco Boi Barroso.

A realização dessa exposição foi possibilitada pelo “Projeto Mutirão Mais Cultura na UFPR”, vinculado ao Ministério da Cultura (MINC) e do Ministério da Educação (MEC). O Projeto Mutirão Mais Cultura na Universidade desenvolve ações na região do Litoral do Paraná em vários municípios em parceria com associações de moradores de comunidades tradicionais de pescadores, quilombolas, indígenas, carnavalescos e artesãos.

A exposição estará em cartaz até 19 de setembro de 2018 e terá entrada franca durante todo o período de exposição.

Serviço exposição: “Rogai Por Nós”
Onde: Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR - Rua XV de Novembro, 575, Paranaguá
Quando: De 19/05/2018 à 19/09/2018
Horário de funcionamento: das 8h às 20h de terça a domingo
Mais informações: http://fb.com/maeufpr | (41) 3721-1200 (Paranaguá) | (41) 3313 2045 (Curitiba) Entrada franca!

Foto: Douglas Fróis/MAE-UFPR 
A Equipe de Curadoria da exposição é formada por integrantes do grupo Folclórico Boi Barroso em conjunto com a Universidade Federal do Paraná pelo Projeto Mais Cultura. 

quinta-feira, 1 de março de 2018

Ainda há vagas para as Oficinas de Artes da Secultur


Estão abertas desde o último dia 16 de fevereiro as inscrições para as oficinas de Artes da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. As aulas começam no dia 12 de março.

Ainda há vagas para as oficinas de Fotografia, Teatro, Pintura, Capoeira, Fandango, Produção de Projetos, Literatura e Produção Literária, Dança (Cigana, Dança Teatro e Street Dance), Artesanato com Arame e Vidro. As inscrições para essas oficinas devem ser feitas na Casa Cecy.

Também podem ser feitas inscrições para as oficinas de Música (Violão, Guitarra, Baixo, Teclado, Piano, Violino, Bateria, Canto, Musicalização Infantil), mas para essas há uma lista de espera e os interessados são chamados na medida que abrem novas vagas.

Todas as aulas são gratuitas e se estendem até o fim de junho. Os interessados devem levar documentos pessoais (RG, CPF), comprovante de endereço e uma foto 3x4 cm. Para os menores de idade, as inscrições devem ser feitas por um maior responsável.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Baile de Fandango com o Grupo Mandicuera


Neste sábado, 13 de janeiro, o Grupo Mandicuera anima o Baile de Fandango Caiçara na Casa do Fandango Mestre Eugênio, que fica no Bairro Sete de Setembro, Ilha dos Valadares, Paranaguá. O Baile começa às 22 horas e a entrada é grátis. Amanhece!

A festa contará com a participação do Grupo Mirim Mestre Eugênio, formado por crianças da comunidade local que fazem apresentação do “Batido”, dança do fandango em que os participantes marcam o ritmo com tamancas de madeira batidas no tablado do Baile.

A Casa do Fandango Mestre Eugênio é um espaço cultural criado pelo próprio mestre ainda em vida, há mais de 15 anos. Hoje é administrado pelos seus descendentes e recebe bailes e ensaios de Fandango. É um espaço alternativo que os fandangueiros viabilizaram enquanto a prometida Casa do Fandango que acolha todos os grupos não sai do papel.

O Baile de Sábado também busca preencher uma lacuna no calendário municipal, uma vez que os bailes públicos no Mercado do Café só voltam no Carnaval, e depois param novamente na quaresma.

Não dá para esperar tanto tempo.

Serviço: Baile de Fandango Caiçara
Animação: Grupo Mandicuera, participação do Grupo Mirim Mestre Eugênio.
Sábado, 13 de janeiro, 22 horas.
Local: Casa do Fandango Mestre Eugênio, Rua 28, Bairro Sete de Setembro, Ilha dos Valadares, Paranaguá.
Entrada grátis.

Colunas do JB Litoral

26 de dezembro:

08 de janeiro: 



quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Exposi-AÇÃO abre dia 6 com obras dos alunos das oficinas da Secultur

Foto de Ari Wagner Coelho, da Oficina de Fotografia.

Será na próxima segunda-feira, dia 06 de novembro, a abertura da Exposi-AÇÃO, mostra da produção dos alunos das oficinas culturais da Secretaria de Cultura e Turismo de Paranaguá.

O evento terá início às 19 horas na Casa Monsenhor Celso. A mostra se estenderá durante todo o mês de novembro e contará com exposição de Pintura, Fotografia e Artesanato; e apresentações de Teatro, Música, Dança, Fandango, Capoeira e Grafite.

A Casa Monsenhor Celso vai abrigar as exposições de Pintura e Fotografia. A Pintura tem como oficineiro Dimanche Koslosk que já desenvolve essa oficina há anos e conta com dezenas de aprendizes. Ele desenvolveu uma técnica própria de pintura com relevo que é sua marca.

Já a Fotografia, com o oficineiro Ivanovick, está na primeira turma, mas já mostra bons resultados que poderão ser conferidos na exposição.

A atual fase das oficinas iniciou em julho deste ano. A extinção da Fundação Municipal de Cultura e a publicação de um Edital próprio pela Prefeitura para a contratação dos oficineiros criaram uma série de desafios, mas colocaram o trabalho dos artistas em um novo patamar.

Ainda existem dificuldades de estrutura e atrasos nos pagamentos dos oficineiros, mas os gestores do setor demonstram vontade de superar os desafios e criar condições para que a cultura e a arte tenham espaço e condições de proliferar em Paranaguá.

Vale a pena conferir!



Leia a seguir a matéria publicada pela Prefeitura de Paranaguá:

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Embarque chega a 4a edição e se firma como opção de lazer ao ar livre em Paranaguá


O Embarque chega a 4a edição neste domingo, 09/07. O coletivo-evento está se firmando como atração mensal de lazer ao ar livre em Paranaguá. A iniciativa é do grupo Paranaguá Criativa.

Segundo a descrição do evento:

"O Embarque visa promover e celebrar a cultura e produção artística da nossa cidade.

É um convite a todos de Paranaguá e região para apreciarem as coisas boas... como a literatura, pintura, fotografia, música, artesanato, teatro, se apropriando da cidade e de seus espaços públicos!"

PROGRAMAÇÃO (sujeita a alterações)
09:00 Yoga (levar tapetes, toalha ou canga)
10:00 Mutirão de Limpeza (levar luvas)
11:00 Início da feira de artesanatos e troca de livros
12:00 Início do Picnic ( almoço com a família)
13:00 Distribuição do Jornal Acorde (gratuito)
14:00 Oficinas e atividades ao ar livre
Música - Início do palco aberto (19:00 término)

E mais...

terça-feira, 4 de julho de 2017

Oficinas de Fotografia na Casa Monsenhor Celso




Conforme noticiei antes, ainda há vagas para as oficinas de artes da Prefeitura de Paranaguá. Entre elas está a oficina de fotografia que será ministrada por mim, Ivan Ivanovick.

Essas oficinas terão dois encontros semanais de duas horas cada,  às terças e quintas-feiras. A primeira será das 14 às 16  horas, outra das 16 às 18 horas e a última das 19 horas, às 21 horas. As oficinas serão na Casa Monsenhor Celso, em frente a Catedral, no Centro Histórico.

Para participar dessas oficinas, é desejável que os interessados já possuam alguma máquina fotográfica digital; ou, pelo menos, um celular com câmera de 5 megapixels ou mais.

As inscrições podem ser feitas na sede da Secretaria (Secultur). Avenida Arthur de Abreu, 44, ao lado da Estação Ferroviária, em frente ao Palácio do Café, fone: 41 3422-6290.

Os interessados devem levar os documentos pessoais e uma foto 3 x 4 cm. Menores de idade deverão estar acompanhados de um maior responsável. As aulas iniciarão na próxima terça-feira, 11 de julho.